Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3521
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Efeitos de diluições de água produzida do petróleo no desenvolvimento do girassol cultivado em casa de vegetação
metadata.dc.creator: Silva, Audilene Dantas da
metadata.dc.contributor.advisor1: Batista, Rafael Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Costa, Fabrícia Gratyelli Bezerra
metadata.dc.contributor.referee1: Costa, Fabrícia Gratyelli Bezerra
metadata.dc.contributor.referee2: Vale, Hudson Salatiel Marques
metadata.dc.description.resumo: A escassez hídrica em algumas regiões, principalmente as áridas e semiáridas, fez gerar a procura de fontes alternativas de água para uso na irrigação, e dentre estas está à água residuária do petróleo, recentemente utilizada em pesquisas com oleaginosas. Este trabalho objetivou estudar os efeitos de diluições de água residuária do petróleo tratada sobre o número de folhas, diâmetro de caule, diâmetro do capítulo, altura de plantas e produção do girassol H360 no semiárido potiguar. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, no Departamento de Ciências Agrárias e Florestais da Universidade Federal Rural do SemiÁrido, em Mossoró-RN. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com cinco tratamentos e cinco repetições, totalizando 25 parcelas. O experimento foi conduzido em vasos com capacidade para 32L, contendo uma planta por vaso, aos quais foram preenchidos com solo proveniente da Fazenda Experimental Rafael Fernandes em Mossoró, classificado como Latossolo, e irrigados por microtubos com vazão de 1,5L h-1. Os tratamentos foram constituídos por diluições de água residuária do petróleo tratada (APT) em água de abastecimento (AA): T1 - 100% AA e 0% de APT; T2 - 75% AA e 25% de APT; T3 - 50% AA e 50% de APT; T4 - 25% AA e 75% de APT; e T5 - 0% AA e 100% de APT. Ao longo do período experimental foi aplicada uma lâmina bruta de irrigação de 435,35mm em todos os tratamentos. Realizou-se também a caracterização físico-química das diluições (pH, condutividade elétrica, Ca+2, Mg2+, Na+, K+, Cl-, CO3-, HCO32-, Cu, Zn, Mn, Fe, Ni, Cd, Pb, Cr, Al, As e Ba). As análises físico-químicas das diluições de AP em AA revelaram que os valores médios dos atributos pH, CO3- (Carbonato) e K+ (Potássio) estão acima dos limites usuais para fins de irrigação, enquanto os demais atributos atendem aos padrões para reúso agrícola. Os dados das coletas das características morfogênicas e de produtividade foram submetidos a análises de variância pelo Teste F a 1 e 5 % de probabilidade e a Tukey 5% de probabilidade. Não houve diferença estatística entre as diluições de água residuária do petróleo tratada em relação às características número de folhas, diâmetro de caule, altura de planta e produção do girassol, enquanto a diluição T1 diferiu estatisticamente de T2 em relação ao diâmetro de capítulo. Esses resultados evidenciaram que a água produzida do petróleo tratada não interferiu no desempenho agronômico do girassol, sendo esta uma alternativa que merece mais estudos para fins de reúso agrícola e florestal no semiárido potiguar. Em geral, a diluição T2 foi a mais adequada para o cultivo do girassol, devido aos melhores resultados em relação ao diâmetro de capítulo, diâmetro de caule e número de folhas e com menor potencial de impacto ambiental em relação às demais diluições.
Abstract: Water scarcity in some regions, especially arid and semi-arid regions, has led to the search for alternative sources of water for use in irrigation, among which is the wastewater from oil, recently used in oilseed research. The objective of this work was to study the effects of dilutions of wastewater of the treated oil on the number of leaves, stem diameter, diameter of the chapter, height of plants and production of sunflower H-360 in the semiarid potiguar. The experiment was carried out in a greenhouse at the Department of Agrarian and Forestry Sciences of the Universidade Federal Rural do Semi-Árido in Mossoró-RN. The experimental design was a randomized block with five treatments and five replications, totaling 25 plots. The experiment was carried out in pots with 32L capacity, containing one plant per pot, which were filled with soil from the Rafael Fernandes Experimental Farm in Mossoró, classified as Latossolo, and irrigated by 1.5L h-1 microtubes. The treatments were constituted by dilutions of wastewater of treated oil (APT) in water supply (AA): T1 - 100% AA and 0% APT; T2 - 75% AA and 25% APT; T3 - 50% AA and 50% APT; T4 - 25% AA and 75% APT; and T5 - 0% AA and 100% APT. A crude irrigation depth of 435.35mm was applied throughout the experimental period in all treatments. The physical-chemical characterization of the dilutions (pH, electrical conductivity, Ca+2, Mg2+, Na+, K+, Cl-, CO3-, HCO32-, Cu, Zn, Mn, Fe, Ni, Cr, Al, As and Ba). The physico-chemical analyzes of the dilutions of PA in AA revealed that the mean values of the attributes pH, CO3- (Carbonate) and K+ (Potassium) are above the usual limits for irrigation purposes, while the other attributes meet the standards for agricultural reuse . Data from the morphogenic and productivity data collection were submitted to analysis of variance using the F test at 1 and 5% probability and Tukey 5% probability. There was no statistical difference between the dilutions of wastewater of the treated oil in relation to the number of leaves, stem diameter, plant height and sunflower production, while T1 dilution statistically differed from T2 in relation to the chapter diameter. These results showed that the water produced from the treated oil did not interfere in the agronomic performance of the sunflower, which is an alternative that deserves further studies for the purpose of agricultural and forest reuse in the semi - arid region of. In general, the T2 dilution was the most adequate for sunflower cultivation, due to the best results regarding the chapter diameter, stem diameter and number of leaves and with less potential of environmental impact in relation to the other dilutions.
Keywords: Resíduo líquido
Reúso
Irrigação
Oleaginosa
Liquid waste
Reuse
Irrigation
Oleaginous
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Engenharias - CE
Citation: Silva (2018) (SILVA, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1392
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3521
Issue Date: 6-Aug-2018
Appears in Collections:Engenharia Agrícola e Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AudileneDS_ART.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.