Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5379
metadata.dc.type: Tese
Title: Crescimento inicial de mamoeiro micorrizado e irrigado com águas de diferentes salinidades
metadata.dc.creator: Oliveira Filho, Francisco de Sales
metadata.dc.contributor.advisor1: Medeiros, José Francismar de
metadata.dc.contributor.referee1: Mendonça, Vander
metadata.dc.contributor.referee2: Pereira, Francisco Hevilásio Freire
metadata.dc.contributor.referee3: Nobre, Reginaldo Gomes
metadata.dc.contributor.referee4: Freire, Jonas de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: A irrigação de mudas de espécies frutíferas com água de baixa qualidade, sobretudo com elevados teores de sais, é uma realidade entre os produtores de mudas do semiárido brasileiro, sendo esta uma condição que pode impactar negativamente na qualidade das plantas em sua fase inicial de crescimento, fazendo-se necessário lançar mão de estratégias que viabilizem o uso destas águas sem, contudo comprometer a qualidade das mudas. Neste sentido, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da micorrização na morfofisiologia de mudas de mamoeiro (Carica papaia L.) do Grupo Formosa, Híbrido Tainung Nº 1, submetidas à irrigação com águas salinas. A pesquisa foi conduzida no viveiro de produção de mudas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, IFPB, Campus Sousa, no período de março a dezembro de 2018. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos casualizados, em arranjo fatorial 4 x 5, referente às espécies de fungos Gigaspora candida, Acaulospora scrobiculata, Dentiscutata heterogama e sem micorrizas e aos níveis de salinidade em água, 0,0; 10,0; 20,0; 30,0 e 40,0 mmolc L-1, em quatro repetições. Os inóculos de fungos micorrízicos foram provenientes da coleção de culturas da Embrapa Agrobiologia, Seropédica-RJ. A inoculação se deu no momento da semeadura, utilizando uma mistura de solo contendo esporos, hifas e raízes colonizadas, com os fungos das espécies micorrízicas estudadas. As irrigações, com águas de distintas salinidades, foram realizadas diariamente, de modo a deixar o solo com a umidade próxima à capacidade máxima de retenção, com base no método das pesagens, sendo aplicada a fração de lixiviação de 20%, semanalmente. As características avaliadas foram: percentagem de colonização micorrízica, conteúdo relativo de água, déficit de saturação hídrica, dano de membrana, pigmentos fotossintéticos, área foliar, índices fisiológicos, biometria, acúmulo de massa de matéria seca na raiz, caule, folha e total, acúmulo dos macronutrientes nitrogênio, fósforo, potássio e cálcio e dos íons sódio e cloreto, no tecido foliar. Maior percentagem de colonização micorrízica foi evidenciada pelas espécies Dentiscutata heterogama e Gigaspora candida, independentemente da concentração de sal. Porém, evidenciou-se que a taxa de infecção micorrízica diminuiu com o incremento da salinidade. Melhorias no conteúdo relativo de água, concentração de pigmentos fotossintéticos, índices fisiológicos, acúmulo de biomassa, crescimento, concentração e acúmulo de nutrientes foram evidenciados em mudas de mamoeiro micorrizadas para todas as concentrações de sais. No geral, o uso das micorrizas proporcionaram mudas de mamoeiro de qualidade superior as não micorrizadas independentemente do nível salino da água, sendo as espécies Dentiscutata heterogama e Gigaspora candida recomendas, devido o alívio significativo ao efeito deletério da salinidade nos componentes morfofisiológicos das mudas de mamoeiro
Abstract: Irrigation of seedlings of fruit species with low quality water, especially with high salt content, is a reality among Brazilian semi-arid seedling producers, which is a condition that negatively impacts the quality of plants in their initial phase of growth. It is necessary to make use of strategies that enable the use of these waters without compromising the quality of the seedlings. In this sense, the objective of the present study was to evaluate the effect of mycorrhization on the morphophysiology of Papaya (Carica papaia L.) seedlings of the Formosa Group, Tainung 1 Hybrid, submitted to saline irrigation. The research was conducted at the seedling production nursery of the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraiba - IFPB, Campus Sousa, from March to December 2018. The experimental design was a randomized complete block design, in a 4 x 5 factorial arrangement, referring to the species of fungi Gigaspora candida, Acaulospora scrobiculata, Dentiscutata heterogama and without mycorrhizas and, at water salinity levels, 0.0; 10.0; 20.0; 30.0 and 40.0 mmolc L-1, in four repetitions. The inoculum of mycorrhizal fungi came from the culture collection of Embrapa Agrobiologia, Seropédica-RJ. The inoculation occurred at sowing time, using a soil mixture containing spores, hyphae and colonized roots, with the fungi of the studied mycorrhizal species. Irrigations with saline water were performed daily to leave the soil with moisture close to the maximum retention capacity, based on the weighing method, and the weekly 20% leaching fraction was applied. The characteristics evaluated were: percentage of mycorrhizal colonization, relative water content, water saturation deficit, membrane damage, photosynthetic pigments, leaf area, physiological indexes, biometrics, dry matter mass accumulation in root, stem, leaf and total, accumulation of nitrogen, phosphorus, potassium and calcium macronutrients and sodium and chloride ions in leaf tissue. Higher percentage of mycorrhizal colonization was evidenced by Dentiscutata heterogama and Gigaspora candida, regardless of salt concentration. However, it was found that the rate of mycorrhizal infection decreased with increasing salinity. Improvements in relative water content, photosynthetic pigment concentration, physiological indices, biomass accumulation, growth, concentration and nutrient accumulation were evidenced in mycorrhized papaya seedlings for all salt concentrations. In general, the use of mycorrhizae provided higher quality non-mycorrhized papaya seedlings regardless of the saline water level. Dentiscutata heterogama and Gigaspora candida species were recommended because of the significant relief of the deleterious effect of salinity on the morphophysiological components of papaya seedlings
Keywords: Carica papaia L.
Salinidade
Fungos micorrízicos arbusculares
Endomico
Carica papaya L.
Salinity
Arbuscular mycorrhizal fungi
Endomycorrhizae
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia
Citation: Citação com autor incluído no texto: Oliveira Filho (2019) Citação com autor não incluído no texto: (OLIVEIRA FILHO, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5379
Issue Date: 30-Aug-2019
Appears in Collections:DOUTORADO EM FITOTECNIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FranciscoSOF_TESE.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.