Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/829
Type: Dissertação
Title: Proposta de uma ontologia para o gerenciamento de objetos de aprendizagem
Authors: Silva, Maria das Graças Pereira da
First Advisor: Lima, Rommel Wladimir de
First Co-advisor: Silva, Patrício de Alencar
First member of the board: Liberalino, Carlos Heitor Pereira
Second member of the board: Amorim, Ricardo José Rocha
Resume: Os objetos de aprendizagem estão cada vez mais presentes no contexto educacional. Quando bem utilizados podem ser grandes aliados do processo educativo. É necessário, para isso, que o professor tenha clareza dos objetivos que deseja alcançar e, em seguida, pesquise, selecione e defina boas estratégias de utilização dos objetos de aprendizagem em suas aulas, de forma a atender aos seus objetivos educacionais. Para favorecer a reutilização, os objetos de aprendizagem devem estar disponíveis em um formato que seja entendido por máquinas. Para facilitar a busca, uso e reuso, modelos semânticos, como as ontologias, podem ser utilizadas. Ontologias visam desenvolver um conjunto de regras que possibilitam a inferência de forma que a máquina possa, através do acesso a essas regras, abstrair um significado semântico das informações disponibilizadas. Dessa forma, o presente trabalho apresenta uma ontologia para o gerenciamento de objetos de aprendizagem, baseado em objetivos educacionais, de acordo com o domínio cognitivo da Taxonomia de Bloom. O procedimento metodológico adotado para construir a ontologia foi executado em quatro etapas: estudo detalhado do processo de desenvolvimento de ontologias, funcionamento do editor de ontologias, além do estudo das ferramentas pedagógicas Mapa de Conteúdos e Mapa de Dependências e dos objetivos educacionais da Taxonomia de Bloom; elaboração do documento de especificação de requisitos da ontologia e questões de competência; definição das classes e sua hierarquia, propriedades e instâncias e; a validação da ontologia. A implementação da ontologia foi feita no editor Protégé com a utilização da linguagem OWL. A validação foi realizada de forma teórica por utilizar cenários hipotéticos de uma disciplina. Diante dos resultados apresentados: automatizar o processo de inferência de conhecimento; determinar o objetivo educacional de um estudante, conteúdo e dos objetos de aprendizagem; trabalhar os conteúdos de forma hierárquica, e; indicar os objetos de aprendizagem para atingir determinado objetivo educacional, considera-se que a utilização de ontologias, oferece um potencial a ser explorado para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem
Abstract: Learning objects are increasingly present in the educational context. When they are successful as a great allies of the educational process. It is necessary for the teacher to be clear about the goals he wants to achieve and then to research, select and define good strategies for using the learning objects in his classes in order to meet his educational objectives. To facilitate reuse, learning objects must be available in a machine-readable format. To facilitate the search, use and reuse, semantic models, such as ontologies, can be used. Ontologies aim to develop a set of rules that allow inference so that the machine can, through access to these rules, abstract a semantic meaning from the information available. In this way, the present work presents an ontology for the management of learning objects, based on educational objectives, according to the cognitive domain of Bloom Taxonomy. The methodological procedure adopted to build the ontology was performed in four stages: a detailed study of the process of ontology development, the functioning of the ontology editor, and the study of pedagogical tools. Contents Map and Map of Dependencies and educational objectives of the Bloom Taxonomy ; elaboration of the document specifying ontology requirements and competence issues; definition of classes and their hierarchy, properties and instances; the validation of the ontology. The implementation of the ontology was done in the Protégé editor with the use of the OWL language. The validation was done theoretically by using hypothetical scenarios of a discipline. Given the results presented: automate the process of knowledge inference; determine the educational purpose of a student, content, and learning objects; work the contents hierarchically, and; indicate the learning objects to achieve a particular educational goal, it is considered that the use of ontologies offers a potential to be explored to improve the teaching and learning process
Keywords: Ontologia
Objetos de aprendizagem
Objetivo educacional
Ontology
Learning object
Learning goal
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Institution Initials: UFERSA
Program Name: Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação
Citation: SILVA, Maria das Graças Pereira da. Proposta de uma ontologia para o gerenciamento de objetos de aprendizagem. 2017. 204 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação), Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2017.
Access Type: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/829
Issue Date: 24-Aug-2017
License Term: CC-BY-SA
Appears in Collections:Mestrado em Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaGPS_DISSERT.pdf7.61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.