Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/907
metadata.dc.type: Tese
Title: Produção e capacidade de fitoextração do girassol (heliantus annus) irrigado com água produzida
metadata.dc.creator: Costa, Fabrícia Gratyelli Bezerra
metadata.dc.contributor.advisor1: Batista, Rafael Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Lemos Filho, Luis César de Aquino
metadata.dc.contributor.referee1: Lemos Filho, Luis César de Aquino
metadata.dc.contributor.referee2: Santos, Wesley de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee3: Oliveira, Mychelle Karla Teixeira de
metadata.dc.contributor.referee4: Ferreira, Ana Kaline da Costa
metadata.dc.contributor.referee5: Silva, Ketson Bruno da
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho objetivou analisar os efeitos da água produzida tratada no sistema produtivo da cultura do girassol. Para isso, foi montada uma área experimental em casa de vegetação, no Departamento de Ciências Agrárias e Florestais do Centro de Ciência Agrárias da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. O experimento foi montado no delineamento em blocos casualizados com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos utilizados foram T1 - 100% de aplicação água de abastecimento (AA) e 0% de água de produzida tratada (AP), T2 - 75% de AA e 25% de AP, T3 - 50% de AA e 50% de AP, T4 - 25% de AA e 75% de AP e T5 - 0% de AA e 100% de AP. No ensaio experimental foram utilizados vasos de 32L preenchidos com brita (nº zero) cobrindo a base dos mesmos e solo proveniente da Fazenda Experimental Rafael Fernandes em Mossoró, sendo classificado como Argissolo Vermelho Distrófico Típico. Todas as parcelas receberam adubação de fundação. Aos 90 dias após o transplantio foram avaliadas as características químicas do solo, onde se utilizou o esquema de parcelas subdivididas tendo nas parcelas os tratamentos, nas subparcelas as profundidades de amostragem (0 a 0,10 m; 0,20 a 0,30 m). A caracterização físico-química da água produzida e da água de abastecimento, foi realizada mensalmente por meio da coleta de três amostras durante o período experimental. Para a produtividade, características agronômicas, composição química das folhas, fatores de translocação e bioacumulação foram analisados os efeitos dos tratamentos. Os dados foram submetidos à análise de variância, testes de média e contrastes ortogonais. Entre os atributos físico-químicos monitorado no solo, apenas os teores de Mg2+ aumentaram, significamente, com as diluições de água produzida tratada, porém, deve enfatizar o relevante conteúdo de Na+ e Cl-1 na água produzida tratada, que pode limitar a utilização desta água para irrigação, devido aos riscos de sodificação do solo e de fitotoxicidades à cultura, principalmente se for aplicada via sistema de irrigação por aspersão.Os efeitos da água produzida tratada no solo após o cultivo do girassol foram favoráveis quanto ao fornecimento e à disponibilidade de nutrientes. Além disso valores de pH superiores a 7,50 na água produzida tratada e de 8,0 no solo, minimizam os riscos ambientais dos metais pesados. Não houve efeito negativo causado pela água produzida tratada nas características biométricas agronômicas do girassol. Inclusive o diâmetro de capítulo do girassol apresentou aumento significativo com o uso das diluições de água produzida tratada. O girassol apresentou eficiência na translocação de Na e bioacumulação de Mn, Zn, Cr, Ni e Pb. Para aprimorar os conhecimentos sobre o uso sustentável da água produzida para fins agrícolas, recomenda-se a realização de estudos complementares sobre os efeitos dos hidrocarbonetos, fenóis e outros metais pesados no sistema solo-planta
Abstract: The present work aimed to analyze the effects of treated water in the sunflower crop production system. For that, an experimental area was set up in a greenhouse, in the Department of Agrarian and Forestry Sciences of the Agrarian Science Center of the Universidade Federal Rural do Semi-Árido. The experiment was assembled in a randomized block design with five treatments and five replicates. The treatments used were T1 - 100% application water (AA) and 0% treated treated water (AP), T2 - 75% AA and 25% AP, T3 - 50% AA and 50% AP, T4 - 25% AA and 75% AP and T5 - 0% AA and 100% AP. In the experimental trial 32L pots filled with gravel (nº. zero) were used covering the soil base and soil from the Rafael Fernandes Experimental Farm in Mossoró, being classified as Typic Rhodustults. All plots were fertilized with a foundation. At 90 days after transplanting, the chemical characteristics of the soil were evaluated, using the subdivided plots scheme, with treatments in the subplots, the sampling depths (0 to 0.10 m, 0.20 to 0.30 m ). The physical-chemical characterization of the water produced and the water supply was carried out monthly by means of the collection of three samples during the experimental period. For the productivity, agronomic characteristics, chemical composition of leaves, translocation factors and bioaccumulation, the effects of treatments were analyzed. Data were submitted to analysis of variance, mean tests and orthogonal contrasts. Among the physicochemical attributes monitored in the soil, only Mg2 + contents increased significantly with dilutions of treated treated water, but should emphasize the relevant content of Na + and Cl-1 in treated treated water, which may limit the use of this water for irrigation due to the risks of soil sodification and crop phytotoxicities, especially if it is applied via a sprinkler irrigation system. The effects of treated water on the soil after sunflower cultivation were favorable in terms of supply and availability of nutrients. In addition pH values higher than 7.50 in the treated water and 8.0 in the soil, minimize the environmental risks of heavy metals. There was no negative effect caused by the produced water treated in the biometric agronomic characteristics of the sunflower. Even the chapter diameter of the sunflower showed a significant increase with the use of treated water dilutions. In order to improve knowledge about the sustainable use of water produced for agricultural purposes, it is recommended to carry out complementary studies on the effects of hydrocarbons, hydrocarbons, phenols and other heavy metals in the soil-plant system
Keywords: Reuso de água
Petróleo
Fitorremediação
Reuse of water
Oil
Phytoremediation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água
Citation: Citação com autor incluído no texto: Costa (2018) Citação com autor não incluído no texto: (COSTA, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/907
Issue Date: 31-Aug-2018
Appears in Collections:DOUTORADO EM MANEJO DE SOLO E ÁGUA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FabríciaGBC_TESE.pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.