Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/488
Type: Dissertação
Title: Estratégia de uso de água salina na irrigação do milho AG 1051
Other Titles: Strategy of the use of saline water for irrigation of maize AG 1051
Authors: Galvão, Daniel de Carvalho
First Advisor: Medeiros, José Francismar de
First Co-advisor: Figueirêdo, Vladimir Batista
First member of the board: Nascimento, Iarajane Bezerra do
Resume: A cultura do milho encontra-se amplamente disseminada no Brasil. No estado do Rio Grande do Norte, a cultura do milho é explorada em praticamente todos os municípios, em que predomina como sistema de cultivo, o de sequeiro, cujo suprimento hídrico fica na dependência das precipitações pluviométricas. Nas regiões de clima árido e semiárido é frequente a água destinada para irrigação conter sais solúveis em excesso, e a utilização dessas águas sem um manejo adequado, pode provocar a salinização dos solos, reduzindo o crescimento e desenvolvimento das plantas. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o desenvolvimento do milho híbrido AG 1051 irrigado com águas de diferentes concentrações de sais aplicadas em épocas distintas ao longo do ciclo da cultura. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualisados com 5 repetições e 6 tratamentos. Foram avaliadas características agronômicas de interesse comercial como: produtividade de espigas de milho verde empalhadas, totais e comerciais, produtividade de espigas despalhadas total e comercial, rendimentos de grãos, biomassa da parte aérea (colmo, folha e fruto) e o incremento da salinidade do solo. Os tratamentos foram constituídos da combinação de água com três níveis de salinidade (S1 - 0,75 dS m-1, água oriunda do poço profundo que explora o aquífero arenito Açu; S2 - 2,5 dS m-1 e S3 - 5,0 dS m-1), aplicadas em diferentes épocas (E), ao longo do ciclo da cultura. (E1 - 0 a 30 DAE, E2 - 31 a 60 DAE e E3 - 61 a 90 DAE), resultando nos seguintes tratamentos (T): T1 - S1,S1,S1; T2 - S1,S2,S2; T3 - S1,S3,S3; T4 - S2,S2,S2; T5 S1,S2,S3; T6 S3,S3,S3, sendo cada termo da sequência a salinidade da água das épocas E1, E2 e E3. Não foi observado efeito significativo (p < 5%) dos tratamentos em todos os componentes de produção avaliados, exceto para o peso das espigas de milho seco com e sem palha. De forma geral observou-se decréscimos nos teores de macronutrientes do solo ao longo do ciclo da cultura. Verificou-se também que as irrigações com os tratamentos mais salinos além de influenciarem negativamente nos atributos químicos do solo foram os que contribuíram para os maiores acúmulos de Na+ e Cl- no tecido vegetal. A irrigação com águas de diferentes salinidades em épocas distintas podem minimizar os efeitos salinos para a cultura
Abstract: The maize crop is widespread in Brazil. In the state of Rio Grande do Norte, the maize crop is exploited in practically all municipalities in which predominates as the cropping system, the upland, whose water supply is dependent on the rainfall. In arid and semi-arid regions, water intended for irrigation is often contain excess soluble salts, and the use of those waters without proper management, can lead to salinisation of soils, reducing the growth and development of plants. The objective of this study was to evaluate the productivity and the development of hybrid maize AG 1051 irrigated with waters of different salt concentrations applied at different times throughout the crop cycle. The experimental design was randomized blocks with 5 replications and 6 treatments. Agronomic traits of commercial interest such as total yield of ears and commercial with husk corn, overall productivity and commercial without husk, grain yield, aboveground biomass (stem, leaf and fruit) and the increase of soil salinity were evaluated. The treatments consisted of the combination of water with three levels of salinity (S1 - 0.75 dS m-1, water derived from the draw-well, which explores the Açu Sandstone aquifer; S2 - 2,5 dS m-1 and S3 - 5,0 dS m-1) applied at different times (E) along the crop cycle. (E1 - 0 to 30 DAE, E2 - 31 to 60 DAE and E3 - 61 to 90 DAE), resulting in the following treatments (T): T1 - S1, S1, S1, T2 - S1, S2, S2, T3 - S1 , S3, S3, T4 - S2, S2, S2, T5 - S1, S2, S3, T6 - S3, S3, S3. Each term of the sequence is the salinity of times E1, E2 and E3. No significant effect (p <5%) of the treatments was observed in all yield components evaluated, except for the weight of dried corn cobs with and without straw. In general observed decreases in macronutrient content of the soil along the crop cycle. It was also found that irrigation with the most saline treatments, in addition to negatively influence the chemical properties of the soil were those who contributed to the higher accumulation of Na+ and Cl- in plant tissue. Irrigation with water of different salinities at different times can minimize salinity effects for culture
Keywords: Zea mays
Irrigation management
Water quality
Zea mays
Manejo da irrigação
Qualidade da água
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Institution Initials: UFERSA
Department: Irrigação e Drenagem
Program Name: Programa de Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem
Citation: GALVÃO, Daniel de Carvalho. Strategy of the use of saline water for irrigation of maize AG 1051. 2014. 63 f. Dissertação (Mestrado em Irrigação e Drenagem) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2014.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/488
Issue Date: 9-Dec-2014
License Term: CC-BY-SA
Appears in Collections:Mestrado em Irrigação e Drenagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielCG_DISSERT.pdf867.72 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.