Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/564
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Variação da biomassa em guildas tróficas de peixes em resposta a seca em um reservatório no semiárido
metadata.dc.creator: Martins, Luiz Paulo da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Novaes, José Luís Costa
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Costa, Rodrigo Silva da
metadata.dc.contributor.referee1: Fernandes, Rodrigo
metadata.dc.contributor.referee2: Peretti, Danielle
metadata.dc.description.resumo: Os estudos sobre a composição das guildas tróficas de peixes é fundamental para a determinação da estrutura trófica e da utilização dos recursos alimentares por diferentes espécies em ambientes decorrentes de variações temporais, por exemplo, uma seca prolongada, tendo efeito sobre a riqueza e abundância dessas espécies, modificando a biodiversidade. Assim o presente trabalho tem como objetivo mostrar que com a redução no volume de água e pluviosidade do reservatório de Santa Cruz promove alterações negativas na biomassa das espécies de peixes presentes nas guildas tróficas. Foram utilizados dados precipitação (mm), percentual do volume de água acumulado e biomassa capturada dos peixes trimestralmente, entre fevereiro de 2010 e novembro de 2014. Para a análise foram utilizados dados de CPUE, com o objetivo de verificar alterações significativas para cada guilda trófica foi aplicada PERMANOVA, posteriormente foi aplicado o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis para verificar qual espécie apresenta maior contribuição de CPUE entre os anos de coleta. Para verificar variação na formação das guildas foi feito uma analise de presença e ausência para todas as espécies e por fim com o objetivo de verificar a organização temporal das guildas tróficas foi aplicado o teste de correlação não paramétrico de Sperman. Foram encontradas 22 espécies apresentando variação temporal distribuídas em cinco guildas tróficas. A guilda Detritívora/Iliófaga apresentou maior biomassa seguido das guildas Carcinófaga, Insetívora, Onívora e Piscívora. Nossos resultados mostram que a redução temporal na biomassa das guildas tróficas Detritívora/Iliófaga e Carcinófaga estão relacionadas com os fatores de redução de volume de água e precipitação, já as demais guildas suas oscilações temporais de biomassa podem esta relacionadas com diversos fatores como exploração de recurso alimentar em maior abundância em determinado ano, favorecendo a presença de algumas guildas
Abstract: Studies on the composition of trophic guilds of fish is crucial to determine the trophic structure and resource use by different species in environments due to temporal variations, for example, a prolonged drought, taking effect on the richness and abundance of these species modifying biodiversity. So this paper aims to show that the reduction in the volume of water and rainfall reservoir of Santa Cruz promotes negative changes in the biomass of fish species in the trophic guilds. Data were used precipitation (mm), a percentage of the accumulated water volume and biomass of fish every three months between February 2010 and November 2014. For the analysis of CPUE data were used, in order to verify significant changes for each trophic guild it was applied PERMANOVA was later applied the nonparametric Kruskal-Wallis test to determine which species has greater contribution of CPUE between years of collecting. To check changes in the formation of guilds was made a presence and absence analysis for all species and finally in order to verify the temporal organization of trophic guilds was applied nonparametric correlation Spearman test. They found 22 species with temporal variation distributed in five trophic guilds. The guild Detritivorous/Iliófaga showed higher biomass followed by guilds Carcinophaga, Insectivorous, Omnivorous and Piscivorous. Our results show that the temporal reduction in the biomass of trophic guilds Detritivorous/Iliófaga and Carcinophaga are related to the water and precipitation volume reduction factors, as other guilds their temporal biomass oscillations can this related to several factors such as resource exploitation food in greater abundance in a given year, favoring the presence of some guilds
Keywords: Guildas tróficas
Variações temporais
Biomassa
Reservatório de Santa Cruz
Trophic guilds
Temporal variations
Biomass
Reservoir of Santa Cruz
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal
Citation: MARTINS, Luiz Paulo da Costa. Variação da biomassa em guildas tróficas de peixes em resposta a seca em um reservatório no semiárido. 2016. 34 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Ciência Animal, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/564
Issue Date: 27-Apr-2016
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIA ANIMAL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuizPCM_DISSERT.pdf478.64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.