Formação docente e pandemia: um relato de experiência do PIBID no Ensino Remoto Emergencial

Resumo

Durante a pandemia da covid 19, algumas medidas de segurança à saúde precisaram ser atendidas, dentre elas, o isolamento social na qual desencadeou mudanças significativas na vida das pessoas em todos os aspectos. Pensando sobre isso, a importância desse trabalho se dá pela necessidade de identificar se houve ou não impactos causados pela pandemia na formação dos novos professores participantes do PIBID. Para atingirmos o objetivo proposto com essa pesquisa, será utilizado o método de pesquisa qualitativa com estudo documental, a partir das minhas anotações que estarão disponíveis no relato de experiência, que tem como principal objetivo fazer uma reflexão e analisar quais as principais dificuldades enfrentadas pelos professores em formação, no que se refere à formação de professores, durante o Ensino Remoto Emergencial e quais estratégias foram elaboradas para desempenhar as atividades dos programas PIBID, durante o Ensino Remoto Emergencial referentes à edição 2020-2022. Partimos também do ponto de vista que possivelmente a pandemia de Covid-19 afetou direta ou indiretamente nossa produtividade, pois houve uma quebra de rotina muito brusca e foi preciso um tempo para se adaptar ao novo contexto em que estávamos inseridos. Assim, abordaremos aspectos relacionados à educação e formação dos professores, programa PIBID e o ensino Remoto Emergencial. Do ponto de vista teórico, o embasamento ficou com as contribuições de Gatti (2019), Tardif (2002), Moreira e Schlemmer (2020).


Descrição
Citação