Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3144
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Avaliação das condições higiênico-sanitárias de um abatedouro de aves
metadata.dc.creator: Silva, Iago Antonio Ananias da
metadata.dc.contributor.advisor1: Abrantes, Maria Rociene
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Jean Berg Alves da
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Jean Berg Alves da
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Radan Elvis Matias de
metadata.dc.description.resumo: Grande parte dos abatedouros apresentam deficiências quanto as práticas higiênicosanitárias ao longo do fluxograma de abate. Essa ineficiência pode resultar em contaminação microbiológica da carcaça e, consequentemente, do produto final. Diante disso, objetivou-se avaliar as condições higiênico-sanitárias de um abatedouro de aves, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Foram realizadas duas visitas técnicas à unidade; onde, por meio de inspeção visual, observou-se o fluxograma de abate; realizouse preenchimento de checklist, que buscou avaliar as condições higiênico-sanitárias das instalações, dos manipuladores e do ambiente durante todo o processo de abate para averiguar conformidade com a legislação vigente; bem como, foram coletados swabs de pontos do abatedouro – que podem influenciar na qualidade da carne – como: instrumentos, superfícies de equipamentos e carcaça das aves, além de amostras de água utilizada no processo de abate. As amostras de swabs foram submetidas às análises de contagem padrão de microrganismos mesófilos estritos e facultativos viáveis, Escherichia coli, Enterobacteriaceae e Listeria sp. ambiental e a água foi pesquisado coliformes a 35°C e 45ºC. Na avaliação do fluxograma de abate, observou-se que 63,3% dos itens analisados estavam dentro do previsto pela lei; no entanto, 36,7% encontravam em desacordo. Dos itens analisados no checklist, 92,8% apresentaram conformidade de acordo aos padrões legislativos; e, 7,8% não estavam em conformidade. As bactérias mesófilas apresentaram contagens elevadas em 90% dos pontos avaliados; já as bactérias Enterobacteriaceae foram detectadas em quatro amostras. Quanto a E. coli, esta esteve presente em equipamentos, utensílios e carcaças, variando de 2,0x102 a 7,7x104 UFC/cm2. Foi observado a presença de Listeria sp. em um dos pontos avaliados. Na água do estabelecimento, observou-se presença de coliformes a 35ºC com valor de 7,4 NMP/100mL. A partir deste estudo, conclui-se que o abatedouro em questão, deve incrementar programas e estratégias de autocontrole em seu fluxograma, para promover uma maior qualidade ao seu produto final
Abstract: Não possui
Keywords: Abate de Aves
Análise Microbiológica
Fluxograma de Abate
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Silva (2019) (SILVA, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1757
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3144
Issue Date: 21-Jan-2019
Appears in Collections:Medicina Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IagoAAS_MONO.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.