Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3222
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Influência de seca suprasazonal nos atributos populacionais de Trachelyopterus Galeatus (Siluriformes, Auchenipteridae) no reservatório de Santa Cruz-RN
metadata.dc.creator: Dantas, Carla Ticiane de Almeida
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Eveline de Almeida
metadata.dc.contributor.referee1: Fernandes, Rodrigo
metadata.dc.contributor.referee2: Novaes, José Luís Costa
metadata.dc.description.resumo: A seca é um tipo de distúrbio natural caracterizada por um período de baixo nível de precipitação, podendo ser dividida em sazonal ou suprasazonal, gerando efeitos nos cursos hídricos e nas comunidades aquáticas. Nesse contexto, não se sabe como espécies de peixes responderão a pressão contínua e longa da seca supra sazonal. Portanto, o objetivo desse trabalho foi avaliar a influência da seca suprasazonal nos atributos populacionais da espécie de peixe Trachelyopteurs galeatus, testando a hipótese de que os parâmetros populacionais estão variando em função da seca prolongada, representada pela redução do volume de água do reservatório. A área do estudo é localizada na bacia hidrográfica do rio Apodi/Mossoró, no reservatório de Santa Cruz-RN. Nesse local foram realizadas coletas trimestrais no período compreendido entre fevereiro de 2010 a dezembro de 2017. Para caracterizar a dinâmica populacional foram estimados alguns atributos desse nível de organização: relação pesocomprimento; variação mensal dos estádios de maturação gonadal; comprimento de primeira maturação (L50); variação temporal na abundância (CPUEn) e na biomassa (CPUEb); variação temporal de Comprimento Total (CT); Fator de condição (K); e Índice gonadossomático (IGS). Para verificar a influência da seca suprasazonal na população utilizou-se os mesmos atributos como variáveis dependentes e o volume de água do reservatório como variável independente em modelos lineares gerais. Observou-se que no período estudado, a precipitação variou entre 0 mm a 582,4 mm, sendo maio de 2011 o mês de maior precipitação acumulada. O volume de água do reservatório reduziu continuamente, passando de 91,67% para 14,59%. A dinâmica populacional respondeu negativamente a seca supra sazonal para alguns dos parâmetros (K e CT). Na relação peso-comprimento estimada para a população, observou-se crescimento do tipo alométrico negativo (b=2,56). A maioria da população encontra-se madura em todos os trimestres avaliados, principalmente as fêmeas. O comprimento de primeira maturação para sexos agrupados foi 9,75 cm, sendo que para fêmeas o valor foi abaixo e para machos o valor foi de 10,48 cm, porém durante os anos foram observadas muitas flutuações sem nenhuma tendência (de aumento e de diminuição). Portanto, ocorreram respostas positivas a seca supra sazonal, e as condições adversas da água do reservatório parece não limitar a espécie. Os resultados apresentados corroboram com a hipótese desse estudo, ou seja, a espécie Trachelyopterus galeatus parece ter respondido à seca suprasazonal para alguns dos parâmetros avaliados (CPUEn, K, IGS, L50), isso podendo ser interpretado como plasticidade em alguns de seus atributos populacionais.
Abstract: Não possui
Keywords: Semi-árido
Seca
Peixe
Reprodução
População
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS
Citation: Dantas (2019) (DANTAS, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1700
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3222
Issue Date: 20-Mar-2019
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CarlaTAD_MONO.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.