Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3225
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Diagnóstico ecotoxicológico do rio Apodi-Mossoró (RN) utilizando as espécies zooplanctônicas Ceriodaphnia dubia e Daphnia similis (Cladocera, Crustacea)
metadata.dc.creator: Costa Segundo, Hermógenes Pereira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes, Aline Fernanda Campagna
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Soares, Carlos Eduardo Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Darlan Dantas Alves de
metadata.dc.contributor.referee2: Fernandes, Peterson Guerreiro
metadata.dc.description.resumo: A água é um recurso imprescindível no desenvolvimento econômico e social, pois constitui a base da maioria das atividades humanas domésticas e industriais, daí a importância de uma gestão eficiente para este recurso. No entanto, a qualidade da água deve estar em níveis que permitam sua utilização pela sociedade e, para tanto, um ecossistema aquático precisa estar equilibrado. Estudos ecotoxicológicos utilizam as respostas de organismos vivos para diagnosticar a qualidade do ambiente. Assim sendo, este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade da água em seis pontos do rio Apodi-Mossoró no período de seca (dezembro de 2015) e chuva (abril de 2016), utilizando organismos zooplanctônicos (Daphnia similis e Ceriodaphnia dubia) como organismos-teste em ensaios de ecotoxicidade aguda e crônica, respectivamente. Nos testes de ecotoxicidade aguda foi avaliada a imobilidade dos organismos em 48 horas de exposição às amostras, enquanto sobrevivência e reprodução em oito dias foram os parâmetros biológicos utilizados nos testes de ecotoxicade crônica. Ao final dos ensaios, os resultados foram comparados com um controle laboratorial por meio de uma análise de variância para amostras independentes (ANOVA). Previamente aos testes com amostras de água do rio Apodi-Mossoró, testes de sensibilidade foram realizados com cloreto de sódio (NaCl) com ambas as espécies, com intuito de construir uma carta-controle da qualidade das culturas utilizadas no presente estudo, bem como avaliar se os organismos estiveram saudáveis para os ensaios. Os resultados dos testes de sensibilidade mostraram que os organismos de ambas espécies estiveram aptos para os ensaios ecotoxicológicos com amostras ambientais, uma vez que a CE(I)50;48h de todos os lotes utilizados responderam com imobilidade entre 1,99 g/L e 1,34 g/L para D. similis e C. dubia, respectivamente, valores concordantes com outros laboratórios de estudos ecotoxicológicos no Brasil. Quanto aos ensaios com as amostras de água, não foi verificada ecotoxicidade aguda para D. similis em nenhum dos pontos avaliados considerando ambos os períodos de coleta. Entretanto, ecotoxicidade crônica para C. dubia foi observada nos pontos P3, P4, P5 e P6, considerando a sobrevivência e/ou a reprodução. A sobrevivência foi afetada significativamente em relação ao controle (p<0,05) apenas em abril de 2016, com 40%, 40% e 30% de sobrevivência em P4, P5 e P6, respectivamente. Valores extremamente baixos de reprodução foram encontrados nos mesmos pontos, com efeitos mais severos também no período chuvoso. Neste período, a porcentagem deprodução de neonatas em relação ao controle foi de 50%, 0%, 3% e 0% nos pontos P3, P4, P5 e P6, respectivamente, demonstrando efeitos tóxicos significativos (p<0,05). Em dezembro de 2015 foi detectada cerca 30% de produção de neonatas em relação ao controle (p<0,05) em P3 e P4. Os resultados demonstraram que com exceção de P1, os pontos estão com qualidade comprometida, visto que ocorreu toxicidade crônica em ao menos um período de coleta para todos. As amostras de abril de 2016 apresentaram maior impacto nos organismos, demonstrando que as poucas, porém presentes chuvas do período podem ter desempenhado o papel de contribuidoras de contaminantes e não de fator de diluição conforme esperado.
Abstract: Não possui
Keywords: Ecotoxicidade
Apodi-Mossoró
Daphnia
Ceriodaphnia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS
Citation: Costa Segundo (2018) (COSTA SEGUNDO, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1387
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3225
Issue Date: 14-Sep-2018
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HermógenesPCS_MONO.pdf878.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.