Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3330
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: O campo é cheio de coisas bonitas, pássaros, borboletas, flores, e a cidade só tem humanos e coisas que o humano constrói: representações sociais de campo, cidade, rural e urbano de alunos e professores da escola municipal 13 de maio, Upanema/RN
metadata.dc.creator: Silva, Ranielly Leticia da
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, José Erimar dos
metadata.dc.contributor.referee1: Seal , Ana Gabriela de Souza
metadata.dc.contributor.referee2: Fernandes , Maria José Costa
metadata.dc.description.resumo: A referida pesquisa é um estudo acerca das Representações Sociais sobre Campo, Cidade, Rural e Urbano de alunos, ex e atuais professores e diretora, de uma escola pública da rede municipal de ensino, localizada no município de Upanema/RN. O estudo foi realizado com alunos do 5º Ano do Ensino Fundamental – (anos iniciais); 6º e 7º Ano do Ensino Fundamental – (anos finais), da Escola Municipal 13 de Maio, além de professores da mesma escola, cujo objetivo principal foi identificar as representações sociais de Campo, Cidade, Rural e Urbano desses sujeitos, analisando semelhanças e diferenças e compreendendo a relação Campo, Cidade, Rural e Urbano na perspectiva da Educação do Campo. Além disso, buscou entender o que os professores da referida escola compreendem por Campo, Cidade, Rural e Urbano, e se estas percepções interferem na sua atuação profissional. Metodologicamente realizaram-se pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo, com aplicação de questionários e realização de entrevistas semiestruturadas. A pesquisa evidenciou que a concepção de atraso ainda aparece associada ao Campo, enquanto a Cidade permanece como moderna, avançada e desenvolvida, mas ganha qualidades negativas, como a violência e a poluição, se contrapondo ao Campo, que recebe características/qualidade de calmo/tranquilo; além disso, os sujeitos pesquisados não reconhecem o Rural e o Urbano como dinâmicas que constituem esses dois lugares, mas como uma extensão/continuação, ou até como se fossem a mesma coisa (o Campo e a Cidade). Portanto, há necessidade e importância de se discutir essas categorias de uma forma não dicotômica, através de trabalhos com essa teoria (Representações Sociais), para que essa visão associada às dimensões da vida das pessoas sejam desmistificadas, principalmente a que ainda é atrelada ao Campo como atrasado.
Abstract: This research investigates the Social Representation of the Countryside, the City, the Rural and the Urban concerning students, former and current teachers and the principal from a public municipal school from Upanema-RN. This study was carried out with students of 5th grade of Elementary School (first years); 6th and 7th grade of Elementary School (last years) from Escola Municipal 13 de Maio, besides teachers from that school. The main objective was to identify what are the social representations that those subjects have about the Countryside, the City, the Rural and the Urban, analyzing similarities and differences and understanding the relation between Countryside, City, Rural and Urban from the perspective of rural education. Besides that, we seek to understand what teachers from that school understand of Countryside, City, Rural and Urban, and if those perceptions interfere in their professional performance. Methodologically, we carried out bibliographic studies and field research, application of questionnaires and semi structured interviews. The research showed that people still relate the conception of delay to the Countryside, while the City is seen as modern, advanced and developed; on the other hand, City receives negative qualities, as violent and polluted, while Countryside receives qualities of calm/quiet; besides that, the researched subjects do not recognize Rural e Urban as dynamics that constitute those two places, but as an extension/continuation or even as the same thing (Countryside and City). Therefore, there is a need and importance to discuss those categories in a non-dichotomy way through works with the theory of Social Representation, aiming to demystify the idea related to the dimension of people life, mainly the one that relates Countryside to Delay.
Keywords: Representações sociais
Educação do campo
Cidade/urbano
Campo/rural
Social representations
Rural education
Rural/urban
Countryside/city
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas - CCSAH
Citation: Silva (2018) (SILVA, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1360
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3330
Issue Date: 12-Sep-2018
Appears in Collections:Licenciatura Interdisciplinar e Educação do Campo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RaniellyLS_MONO.pdf3.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.