Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3402
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Gerenciamento de resultados contábeis e concentração de propriedade acionária: um estudo nas empresas de capital aberto no Brasil
metadata.dc.creator: Silva, Rafaela Rodrigues da
metadata.dc.contributor.advisor1: Mota, Renato Henrique Gurgel
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa tem por objetivo verificar se a concentração de propriedade acionária influencia as práticas de gerenciamento de resultados por accruals discricionários e por decisões operacionais. Para tanto, utilizou-se uma amostra de 193 empresas não financeiras listadas na Brasil, Bolsa, Balcão (B3), durante o período de 2011 a 2017, totalizando 1.139 observações. A fim de verificar a concentração de propriedade, inicialmente, foi criada uma variável dummy para representar aquelas empresas que possuem acionista majoritário (mais de 50% das ações). Logo em seguida, foi averiguado o percentual de ações detidas pelo primeiro e segundo maior acionista em relação ao total de ações em circulação, e ainda, o índice Herfindahl (HERF), que representa a distribuição de propriedade dos acionistas. Esses indicadores de concentração acionária foram utilizados numa abordagem baseada em aglomeração hierárquica de cluster (AHC), que revelou três medidas distintas sobre a concentração de propriedade. Após a análise de agrupamento, os resultados indicaram a formação de três clusters referentes à concentração de propriedade: alta, media e baixa. Foram utilizadas duas proxies de gerenciamento de resultados, através dos(as): (I) accruals discricionários, estimados pelo modelo de Pae (2005), e (II) decisões operacionais, determinado de acordo com modelo de Roychowdhury (2006). Os resultados apontaram não ser possível relacionar a concentração de propriedade acionária com a prática de gerenciamento por accruals, pois os resultados não apresentaram significância estatística. Por outro lado, apresentaram-se significativos de forma negativa ao gerenciamento de resultados por decisões operacionais, indicando que a alta concentração de propriedade influencie os gestores a diminuir seus resultados através das decisões operacionais. Os resultados apontaram, ainda, que a existência de um acionista majoritário não é característica suficiente para ocasionar o gerenciamento de resultados nas firmas de capital aberto do Brasil.
Abstract: Não possui
Keywords: Concentração de propriedade acionária
Qualidade da informação contábil
Decisões operacionais
Accruals discricionários
Gerenciamento de resultados
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas - CCSAH
Citation: Silva (2019) (SILVA, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1633
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3402
Issue Date: 20-Mar-2019
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RafaelaRS_ART.pdf455.35 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.