Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/4569
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: O negro, educação e as relações étnico-raciais no ensino fundamental II em uma escola estadual de Mossoró-RN
metadata.dc.creator: Silva, Vanessa Cristina de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Mauro Antônio de
metadata.dc.contributor.referee1: Silva Filho, Luiz Gomes da
metadata.dc.contributor.referee2: Vieira, Antonia Maira Emelly Cabral da Silva
metadata.dc.description.resumo: Desde o início da formação da sociedade brasileira a população negra tem sido discriminada e excluída através de um sistema de dominação e imposição da etnia branca sobre as demais. Confortáveis com o mito da democracia racial, a sociedade brasileira e até o sistema de educação de nosso país se omite em tratar a questão do racismo que existe em nossas entranhas até os dias de hoje. Problematiza: Como vem acontecendo a Educação para Relações Étnico-raciais no contexto do Ensino Fundamental II em uma Escola da Rede Estadual de Mossoró-RN? Tem como objetivo geral: Analisar como vem acontecendo a educação negra e a sua inserção no ambiente escolar a partir das as relações étnico-raciais. Como objetivos específicos: a) compreender a identidade negra no Brasil e como ela tem sido compreendida na educação básica; b) discutir como a pratica pedagógica pode influenciar na materialização da identidade negra; e c) Refletir acerca da importância da Educação para as relações étnico-raciais no contexto do ensino fundamental II. A pesquisa se fundamenta em autores como: Freyre (1975); Sodré (1999); Fernandes (2008); Munanga (2005) e Gomes (2008) dentre outros, bem como utiliza documentos oficiais, nº 10.639/03 que altera a LDB (1996), bem como as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação das Relações Étnico-Raciais (DCNERER) promulgada em 2004. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada, com 03 professores do Ensino Fundamental II. Aplicaram-se ainda questionários mistos, com 11 alunos da instituição investigada. Os resultados apontam que o negro no Brasil tem sido vítima de inúmeros preconceitos e a sua inserção no meio social não ocorre de forma equivalente a etnia branca, por exemplo. Constata-se que muitos de seus direitos enquanto cidadãos lhes são negados e negligenciados, inclusive o direito à educação. Os dados possibilitaram compreender que a escola tem papel fundamental na ressignificação e valorização da cultura negra. Porém a postura da escola e do corpo docente em não adotar discussões em prol da Educação para as Relações Étnico-Raciais acaba contribuindo com a reprodução e perpetuação do racismo entre os alunos e consequentemente na sociedade.
Abstract: Since the beginning, in the formation of the Brazilian society, the black population has been discriminated and excluded through a system of domination and imposition of the white ethnicity on the others. Comfortable with the myth of racial democracy, Brazilian society and even the education system of our country omitted to address the issue on racism that exists in our guts until these days. Problematize: How has Education for Ethnic-Racial Relations in the context of Elementary School II been doing in a School of the State system in Mossoró-RN? Its general objective is: To analyze how black education has been doing and its insertion in the school setting as of the ethnic-racial relations. As specific goals: a) to understand black identity in Brazil and how it has been understood in basic education; b) discuss how pedagogical practice can influence the materialization of black identity; and c) Reflect on the importance of Education for ethnic-racial relations in the context of primary education II. This research is based on authors as: Freyre (1975); Sodré (1999), Fernandes (2008); Munanga (2005) and Gomes (2008) and others still, as well as using official documents, nº 10.639 / 03 that amends the LDB (1996), as well as the National Curricular Guidelines for Ethnic-Racial Relations Education (DCNERER) promulgated in 2004. Data were obtained through a semi-structured interview, with 03 teachers from Elementary education II. Mixed questionnaires were also applied, with 11 students from the institution investigated. The results indicate that black people in Brazil have been the victims of numerous prejudices and their insertion in the social setting does not occur in a way equivalent to white ethnicity, for example. It is noted that many of their rights as citizens are denied and neglected, including the right to education. The data made it possible to understand that the school plays a fundamental role in the re-signification and valorization of black culture. However, the school's and the teacher staff position in not taking discussions in favor of Education for Ethnic-Racial Relations ends up contributing to the reproduction and perpetuation of racism among students and consequently in society.
Keywords: Preconceito
Racismo
Educação para as Relações Étnico-Raciais em Mossoró-RN
Mito da Democracia Racial
Negro
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas - CCSAH
Citation: Silva (2019) (SILVA, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/4569
Issue Date: 22-Mar-2019
Appears in Collections:Licenciatura Interdisciplinar e Educação do Campo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VanessaCOS_MONO.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.