Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5355
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Qualidade de vida e bem-estar psicológico entre gestantes de risco habitual acompanhadas nas unidades básicas de saúde do município de mossoró/rn.
metadata.dc.creator: Justino, Jéssica Micaele Rebouças
metadata.dc.contributor.advisor1: Martins, Remerson Russel
metadata.dc.contributor.referee1: Nascimento, Ellany Gurgel Cosme do
metadata.dc.contributor.referee2: Morais, Fátima Raquel Rosado
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, com uma abordagem quantitativa que permitiu investigar a associação entre qualidade de vida e bem-estar psicológico em gestantes, considerando suas potencialidades, com vistas a possibilitar a reorientação da assistência durante o ciclo gravídico, atuando diretamente em suas necessidades e investindo em sua capacidade e controle sobre sua vida. A pesquisa foi desenvolvida nas Unidades Básicas de Saúde localizadas na zona urbana do município de Mossoró/RN com 135 gestantes de risco habitual em acompanhamento pré-natal. Os dados foram obtidos através da aplicação de três instrumentos: Questionário socioeconômico e histórico clínico-obstétrico, Índice de Qualidade de Vida (IQV) de Ferrans & Powers e Escala de Bem-Estar Psicológico (EBEP), após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa sob o parecer nº 2.893.813 CAAE: 96006518.0.0000.5294 e a análise estatística dos dados foi realizada por meio do programa JASP versão 0.10.2. Considerando as informações obtidas a partir da análise, infere-se sobre o perfil sociodemográfico e clínico-obstétrico, que houve predominância de gestantes com escolaridade no nível médio, pardas, que não trabalham ou cuidam do lar, protestantes, possuem renda entre 1 e 3 salários, estavam no 3º trimestre gestacional, primigestas, 1 a 3 partos e não possuem histórico patológico. No que diz respeito a relação entre as variáveis socioeconômicas e clínico-obstétricas com as dimensões do IQV e EBEP, verificou-se que há diferenças estatísticas em algumas situações e todas as variáveis demonstraram de uma a três relações com alguma dimensão do IQV e da EBEP, sendo que essas relações ocorreram mais em relação à qualidade de vida. A partir da associação estabelecida entre qualidade de vida e bem-estar psicológico, visualizou-se que há uma relação forte de complementariedade entre esses constructos, quando trabalhados sob a ótica das gestantes de risco habitual no município em questão. Diante disso, compreende-se que realizar um estudo sobre a avaliação da qualidade de vida e o bem-estar psicológico das gestantes, é relevante para auxiliar no direcionamento e reorientar as ações de prevenção, promoção e assistência à saúde, tendo em vista o aprimoramento das práticas realizadas atualmente na rede pública de saúde, melhorando a assistência ofertadas a essa população
Abstract: This is a descriptive, cross-sectional study with a quantitative approach that allowed us to investigate the association between quality of life and psychological well-being in pregnant women, considering its potentialities, with a view to enabling the reorientation of care during the pregnancy cycle, acting directly. in your needs and investing in your ability and control over your life. The research was conducted in the Basic Health Units located in the urban area of Mossoró / RN with 135 pregnant women at usual risk in prenatal care. Data were obtained through the application of three instruments: Socioeconomic Questionnaire and Clinical-Obstetric History, Ferrans & Powers Quality of Life Index (QLI) and Psychological Well-being Scale (PWS), after approval by the Ethics and Research Committee. under Opinion No. 2.893.813 CAAE: 96006518.0.0000.5294 and statistical analysis of the data was performed using the JASP version 0.10.2 program. Considering the information obtained from the analysis, it is inferred about the sociodemographic and clinical-obstetric profile, that there was a predominance of pregnant women with secondary education, mulattos, who do not work or take care of the home, Protestants, have income between 1 and 3 salaries, were in the 3rd trimester of pregnancy, first born, 1 to 3 deliveries and have no pathological history. Regarding the relationship between socioeconomic and clinical-obstetric variables with the QLI and PWS dimensions, it was found that there are statistical differences in some situations and all variables showed one to three relationships with some QLI and PWS dimensions, and these relationships occurred more in relation to quality of life. From the association established between quality of life and psychological well-being, it was seen that there is a strong relationship of complementarity between these constructs, when worked from the perspective of pregnant women at usual risk in the municipality in question. Given this, it is understood that conducting a study on the assessment of quality of life and psychological well-being of pregnant women is relevant to assist in directing and reorienting prevention, promotion and health care actions, with a view to improving practices currently performed in the public health network, improving the care offered to this population
Keywords: Gravidez
Qualidade de vida
Bem-estar psicológico
Atenção básica
Pregnancy
Quality of life
Psychological well-being
Basic attention
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas - CCSAH
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Cognição, Tecnologias e Instituições - PPGCTI
Citation: Citação com autor incluído no texto: Justino (2019) Citação com autor não incluído no texto: (JUSTINO, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5355
Issue Date: 30-Jul-2019
Appears in Collections:MESTRADO EM COGNIÇÃO, TECNOLOGIAS E INSTITUIÇÕES

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JéssicaMRJ_DISSERT.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.