Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5567
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Caracterização morfológica dos estágios imaturos de tetrastichus giffardianus (hymenoptera: eulophidae) parasitoide de ceratitis capitata (diptera: tephritidae)
metadata.dc.creator: Souza, Maria Itala Alves de
metadata.dc.contributor.advisor1: Araujo, Elton Lucio de
metadata.dc.contributor.referee1: Fernandes, Elania Clementino
metadata.dc.contributor.referee2: Amaral, Tayron Sousa
metadata.dc.description.resumo: O conhecimento de aspectos da morfologia e caracterização dos estágios imaturos e adultos, sobretudo em insetos é essencial para o entendimento e evolução dos insetos. Sendo assim, objetivou-se caracterizar os estágios de desenvolvimento da fase de ovo, larva, pré-pupa e pupa em desenvolvimento de Tetrastichus giffardianus Silvestri em larva/pupa de Ceratitis capitata (Wiedemann). Para isto, as criações de C. capitata e T. giffardianus foram conduzidas no Laboratório de Entomologia Aplicada da UFERSA, Mossoró (RN) em sala climatizada sob as condições de temperatura 25 ± 2 ºC, umidade relativa de 60 ± 10% e fotofase de 12 horas. Para estudar o desenvolvimento dos estágios imaturos do ovo, larva, pré-pupa e pupa de T. giffardianus, larvas de 3º ínstar de C. capitata foram expostas a adultos de T. giffardianus por um período de 24 horas. O desenvolvimento de T. giffardianus foi seguido durante 14 dias, sendo este tempo suficiente para cobrir o desenvolvimento completo das fases imaturas. Dez pupários foram dissecadas para cada idade (0 até 14 dias), contabilizando 140 pupários abertos, seus estágios de desenvolvimento foram registrados para cada idade. Todas as observações (medidas e fotos) das fases imaturas de T. giffardianus dentro de larva/pupa de C. capitata foram realizadas usando o microscópio Leica S8APO com aumento de 5x equipado com uma câmera DMC 2900 usando o software de fotos LAS versão 4.6 Leica (Leica Microsystems Imaging Solutions). A duração de cada estágio de desenvolvimento foi a seguinte: ovo (1,0 dia) larvas de primeiro ínstar: ( 1,0 dia ), larva de segundo ínstar: ( 1,0 dia) larva de terceiro ínstar: ( 2,0 dias), pré-pupa: ( 2 dias), pupa: ( 7 dias), 7 estágios pré-imaginais foram classificados: ovo, três estádios larvais, pré-pupa, pupa e a fase de adulto. Essas informações são importantes para determinar e otimizar o tempo que o parasitoide deve ser mantido na criação antes de sua liberação em campo para controlar a praga, bem como estabelecer métodos de liberação.
Keywords: Estágios de desenvolvimento
Parasitoide
Morfologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Citação com autor incluído no texto: Souza (2017) Citação com autor não incluído no texto: (SOUZA, 2017)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5567
Issue Date: 13-Oct-2017
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaIAS_MONO.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.