Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5984
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise do perfil das unidades familiares da feira agroecológica de Mossoró (FAM)
metadata.dc.creator: Farias, Milene de Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Fábio Henrique Tavares de
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Fábio Henrique Tavares de
metadata.dc.contributor.referee2: Paiva, Maria Regilene de Freitas Costa
metadata.dc.contributor.referee3: Arruda, Jadeilson Alves de
metadata.dc.description.resumo: O entendimento do comportamento do potássio (K) no solo é fundamental para a otimização do manejo da adubação potássica. Assim, objetivou-se avaliar a cinética de sorção de potássio (K) em dois solos do semiárido potiguar. Foram utilizadas amostras de solos, sendo um Cambissolo Háplico (CX), do município de Baraúna-RN, e um Vertissolo Háplico (VX) de Mossoró-RN. Foram coletadas amostras na camada de 0-30 cm, e em seguida caracterizadas fisicamente e quimicamente. Nos respectivos solos, foram utilizadas duas concentrações iniciais de K na solução de equilíbrio (50 e 200 mg L-1) e dez tempos de equilíbrio (1, 5, 20, 40, 60, 120, 180, 600, 960 e 1440 minutos), com três repetições. Após cada tempo de equilíbrio do K das soluções com os dois solos, a concentração de K remanescente em cada solução de equilíbrio foi medida por fotometria de chama. Foram ajustadas equações de regressão não linear que estimam a sorção de K em função do tempo. A sorção de K foi maior no Vertissolo Háplico, com maior capacidade de troca catiônica e menor teor inicial de K trocável, em relação ao Cambissolo Háplico. A concentração de 200 mg L-1 resultou em aumento no percentual de K sorvido quando comparada à menor concentração de equilíbrio. A sorção de K foi muito grande nos primeiros cinco minutos de contato do K com os solos e atingiu equilíbrio aos 60 min, permanecendo estável até 24 horas, sendo maior no Vertissolo Háplico em relação ao Cambissolo Háplico. O aumento da concentração inicial de equilíbrio, de 50 para 200 mg L-1, reduziu a cinética de sorção de K no Cambissolo Háplico, mas resultou em uma elevação na taxa de sorção para o Vertissolo Háplico. Diante dos resultados, conclui-se que a cinética de sorção de potássio foi muito grande nos primeiros instantes de contato do K com os solos, decresceu drasticamente nos primeiros cinco minutos de contato do elemento com os solos, entretanto em seguida tendeu a se estabilizar em um valor próximo de zero ao longo do tempo e que a quantidade de potássio sorvido no solo e a velocidade dessa sorção foi maior no Vertissolo Háplico que no Cambissolo Háplico.
Keywords: Fixação
Adsorção
Argila de atividade alta
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/5984
Issue Date: 6-Feb-2020
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MileneLF_MONO.pdf507.19 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.