Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6437
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Desempenho produtivo de alho comum em função da sanidade do material propagativo em condições de altitude do semiárido tropical
metadata.dc.creator: Girão , José Tasso Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Negreiros, Maria Zuleide de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Lopes, Welder de Araújo Rangel
metadata.dc.contributor.referee1: Negreiros, Maria Zuleide de
metadata.dc.contributor.referee2: Lopes, Welder de Araújo Rangel
metadata.dc.contributor.referee3: Bessa, Antonia Tamires Monteiro
metadata.dc.description.resumo: O alho é propagado vegetativamente por meio de bulbilhos e, as viroses assumem papel fundamental na redução do vigor vegetativo e na produção das cultivares. Por isso, o emprego de alho-semente livre de vírus é um dos fatores relevantes para se alcançar altos rendimentos das cultivares. Desse modo, com o objetivo de avaliar o desempenho produtivo de cultivares de alho comum, em função da sanidade do material propagativo em condições de altitude do semiárido tropical, foi desenvolvido um experimento entre os meses de maio e setembro de 2016 no município de Portalegre, RN. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualidades (DBC), em esquema fatorial 4 x 2, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos de quatro cultivares de alho comum (Amarante, Cateto Roxo, Hozan e Peruano) e duas sanidades do alho-semente (livre de vírus e de propagação convencional), com quatro repetições. Os materiais livres de vírus passaram pelo processo de limpeza clonal e multiplicado em condições controladas de telado (G0), e posteriormente plantados no campo. Enquanto que os provenientes de propagação convencional não passaram pela limpeza clonal (infectadas). As características avaliadas foram: altura de plantas, número de folhas por planta, ciclo cultural, estande final, massa média de bulbos, produtividade total, comercial e não comercial de bulbos, número de bulbilhos por bulbo, percentagem de bulbos diferenciados, classificação de bulbos e de bulbilhos. O uso de alho-semente livre de vírus proporcionou nas cultivares maior desempenho vegetativo e produtivo, sendo a cultivar Cateto Roxo a que apresentou maior produtividade comercial (4,87 t ha-1 ) e número de bulbilhos por bulbo (8,43) demonstrando ser a mais adaptada às condições de Portalegre, RN.
Keywords: Allium sativum L.
alho-semente
adaptação
diferenciação de bulbilhos
rendimento
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Citação com autor incluído no texto: Girão (2020) Citação com autor não incluído no texto: (GIRÃO, 2020)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6437
Issue Date: 10-Dec-2020
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoséTRG-MONO.pdf689.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.