Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6442
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Qualidade da água para irrigação e consumo humano no município de Orós-CE
metadata.dc.creator: Lima, Renner Bento de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Eulene Francisco da
metadata.dc.contributor.referee1: Portela, Jeane Cruz
metadata.dc.contributor.referee2: Gurgel, Marcelo Tavares
metadata.dc.contributor.referee3: Morais, Francimar Maik da Silva
metadata.dc.description.resumo: O Nordeste brasileiro constantemente é acometido com a escassez hídrica tendo suas reservas de água para abastecimento público, comprometidas, o que vem ocorrendo desde 2011 no estado do Ceará com a redução do nível dos Açudes. Em meio a esse contexto buscou-se novas fontes de abastecimento sendo a exploração de águas subterrâneas por meio de poços tubulares uma das adotadas, ao passo que as águas de cisternas passaram a ter papel de destaque para o consumo humano. Novas formas de abastecimento podem ser uma solução para demanda hídrica, contudo nem sempre é conhecida a qualidade dessas águas principalmente em comparação as fontes usuais. Assim esse estudo teve como objetivo Avaliar a qualidade físico-química e microbiológica de águas para irrigação e consumo humano oriundas de poços tubulares, reservatório superficial e cisternas no município de Orós-Ce. Foram avaliadas 16 amostras para parâmetros físico-químicos, sendo 12 de poços tubulares, 2 de cisternas e 2 do Açude Orós. Avaliou-se os íons K+, Na+, Ca2+, Mg2+, Cl-, CO32-, HCO3- e SO4-2 além dos parâmetros turbidez, pH, CE, dureza e avaliação microbiológica de coliformes totais e termo tolerantes de 11 amostras 9 de poços tubulares, 1 de cisterna de placa e 1 do Açude Orós, sendo as coletas feitas em outubro de 2019. Também se estimou a RAS, classificação quanto risco de sódio e salinidade segundo diagrama do U.S.S.L, somo da cátions e aníons, STD e classificação hidroquímica pelo diagrama de Piper. A presença de coliformes totais indica necessidade de adoção de medidas mitigadoras de contaminações biológicas e tratamento dessas águas para consumo humano. A água do Açude Orós apresentou-se apta tanto para consumo humano quanto para irrigação, apesar do médio risco de salinidade, alta e contaminação por coliformes totais e tolerantes. Evidenciou-se a variação de características das águas entre os poços inclusive entre poços localizados em mesma litologia o que mostra complexidade para construções modelos que estimem a qualidade das águas subterrâneas de uma região. O estudo mostrou que poços tubulares em zonas de rochas cristalinas pode ser uma alternativa para suprir a escassez hídrica, contudo pode haver parâmetros que inviabilizem seu uso da água.
Keywords: Águas subterrâneas
Classificação hidroqímica
Reservatório superficial
Coliformes
Salinidade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Citação com autor incluído no texto: Lima (2020) Citação com autor não incluído no texto: (LIMA, 2020)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6442
Issue Date: 4-Feb-2020
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RennerBL_MONO.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.