Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/617
Type: Dissertação
Title: Silicato de cálcio no manejo do meloeiro e na qualidade dos frutos pós-colheita
Authors: Cruz, Beatriz Leticia Silva da
First Advisor: Silva, Daniel Valadão
First Co-advisor: Nascimento, Selma Rogéria de Carvalho
First member of the board: Ambrósio, Marcia Michelle de Queiroz
Second member of the board: Ferreira, Hailson Alves
Resume: O melão é uma olerícola de grande expressão econômica para o Brasil e em especial para a região Nordeste, onde a produção é principalmente destinada ao mercado externo. Os problemas fitossanitários desta cultura, no entanto, são inúmeros e têm aumentado a necessidade do uso de defensivos, sendo os permitidos para esta cultura cada vez mais escassos no país e no exterior. O uso de alternativas que melhorem as condições fitossanitárias e a qualidade dos frutos é bem-vindo e essencial para uma agricultura mais sustentável e com menores danos ao ambiente. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do silicato de cálcio no manejo da mosca minadora e do oídio do meloeiro e na qualidade dos frutos pós-colheita. O experimento foi conduzido na fazenda Agrícola Famosa, localizada no município de Baraúna, Rio Grande do Norte, Brasil. Na primeira etapa do experimento, avaliou-se o efeito do silicato de cálcio na fitossanidade do meloeiro e na segunda, as qualidades físicas e químicas pós-colheita do melão. Para as análises fitossanitárias, foram avaliados a severidade do oídio e o número de minas de mosca minadora na área que recebeu e não o silicato de cálcio, utilizando-se o delineamento experimental inteiramente casualizado e 26 repetições. As avaliações foram realizadas aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias após a retirada da manta de TNT. Ao final do ciclo da cultura, para analisar a qualidade dos frutos pós-colheita, 75 frutos de cada área com e sem silicato de cálcio foram colhidos ao acaso e avaliados quanto às características físicas e químicas em 5 períodos de armazenamento (0, 21, 28, 35 e 42 dias) e 5 repetições, com 3 frutos por repetição. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado. O silicato de cálcio diminuiu a severidade de oídio e as lesões foliares causadas por minadoras e proporcionou maior firmeza, menor perda de massa e espessura de polpa e não alterou as características químicas como o pH, sólidos solúveis totais e acidez total titulável dos frutos pós-colheita
Abstract: The melon is a crop of great economic importance to Brazil and especially in the Northeast region, where production is mainly for the foreign market. Phytosanitary problems of culture, however, are numerous and have increased the need to use pesticides, considering that the ones allowed for this culture are increasingly scarce in the country and foreign market. The use of alternatives to improve the plant health and fruit quality is welcome and essential to a more sustainable agriculture and less damaging to the environment. This study aimed to evaluate the effect of calcium silicate in the management of leafminer and powdery mildew melon crop and quality of post-harvest fruits. The experiment was conducted at Agrícola Famosa farm, located in the municipality of Baraúna, Rio Grande do Norte, Brazil. In the first stage of experiment, we evaluated the effect of calcium silicate in the plant of melon and in the second, we evaluated physical and chemical qualities of postharvest melon. For phytosanitary analysis, we were assessed the severity of powdery mildew and the number of leafminer mines in the area that received and not calcium silicate, using a completely randomized design and 26 repetitions. The evaluations were performed at 7, 14, 21, 28 and 35 days after removal of TNT manta. At the end of the cycle, in order to analyze the quality of post-harvest fruit, 75 fruit each area with and without calcium silicate were picked at random and evaluated for physical and chemical characteristics in 5 storage periods (0, 21, 28, 35 and 42 days) and 5 replicates, with 3 fruits per repetition. The experimental design was completely randomized. Calcium silicate reduced the severity of powdery mildew and leaf lesions caused by leafminer and provided firmer, less mass loss and pulp thickness and did not alter the chemical characteristics such as pH, total soluble solids and titratable acidity of fruits post-harvest
Keywords: Cucumis melo
Indutor de resistência
Silício
Cucumis melo
Resistance inducer
Silicon
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Institution Initials: UFERSA
Program Name: Programa de Pós-graduação em Fitotecnia
Citation: CRUZ, Beatriz Leticia Silva da. Silicato de cálcio no manejo do meloeiro e na qualidade dos frutos pós-colheita. 2016. 51 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Fitotecnia, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2016.
Access Type: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/617
Issue Date: 26-Feb-2016
License Term: CC-BY-SA
Appears in Collections:Mestrado em Fitotecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BeatrizLSC_DISSERT.pdf621.78 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.