Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/709
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Qualidade da água de abastecimento e aspectos sociais e comportamentais de seus consumidores no município de Mossoró/RN
Other Titles: Quality of supply water and social and behavioral aspects of its consumers in Mossoró/RN
metadata.dc.creator: Silva, Manoel Marcelino da
metadata.dc.contributor.advisor1: Feijó, Francisco Marlon Carneiro
metadata.dc.contributor.referee1: Carvalho, Rodrigo Guimarães de
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Ludimilla Carvalho Serafim de
metadata.dc.contributor.referee3: Leite, Ricardo Henrique de Lima
metadata.dc.description.resumo: A cidade de Mossoró está localizada no estado do Rio Grande do Norte, e situa-se a 285 km de Natal, capital do Estado. O município possui uma área de 2.110,21 km2 e uma população total de 259.815 habitantes, A realidade do município é similar à de outros da região do semiárido nordestino, caracterizada por longos períodos de estiagem e curtas temporadas de chuvas, assim a gestão dos recursos hídricos requer uma otimização a fim de atender as necessidades da região. O crescimento da população associado aos níveis de utilização de água evidencia o consumo excessivo, desperdício e contaminação, gerando problemas de saúde pública, pois afeta diretamente sua qualidade. As questões de potabilidade da água são regidas no país pela Portaria 2.914/2011/MS. Nessa perspectiva, foi realizado um estudo dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos com amostras da água distribuída no município, oriundas do receptor de água da rede de distribuição e do coletor de água das residências, e para verificar as percepções da população através de um questionário com questões de conhecimento, uso e desperdício de água e sobre a práticas de higiene na saúde pública, foram aplicados 385 questionários. Em relação aos parâmetros físicos, a cor e a turbidez apresentaram maiores resultados nos coletores dos residencias pesquisadas, indicando a falta de manutenção destes. As análises químicas de pH, cloretos e alcalinidade não apresentaram grandes alterações entre as zonas estudadas, já as análises de dureza e nitratos foram maiores em locais onde há deficiência no saneamento ou onde havia maior chance de contaminação da água, como esgoto a céu e lixo. Para os parâmetros microbiológicos estudados, verificou-se a presença de bactérias do grupo coliformes em todos os pontos em pelo menos uma das coletas, sendo a maior contaminação nos receptores, justificado pela falta de manutenção e provavelmente pela falta de prevenção na vedação desses coletores, possibilitando o acesso de roedores, insetos e outros carregadores de micro-organismos. Referente aos aspectos sociais e o comportamento frente ao recurso hídrico disponível, a população de Mossoró pesquisada mostrou-se em sua maioria na faixa etária entre 18-25 anos, do gênero feminino, com escolaridade maior no nível médio e renda familiar maior que um salário mínimo. A pesquisa revelou ser frequente a disponibilidade de água nas residências, e a maioria possui coletores de água nas residências e apresentam consciência da necessidade de limpeza desses coletores, e ainda que os pesquisados não têm conhecimento sobre os parâmetros de qualidade de água e a maioria não acredita na potabilidade, mas 33,8% dos pesquisados a usam para beber. Foi identificado ainda que a população participante produz desperdício e apresenta consciência sobre higiene e saúde, apesar dos índices elevados de doenças de veiculação hídrica
Abstract: Mossoró is located in the state of Rio Grande do Norte, and is located 285 km from Natal, the state capital. Has an area of 2,110.21 km2 and a population of 259,815 habitants. The reality of Mossoró is similar to that of others in the semi-arid region of the Northeast, characterized by long periods of drought and short rainy seasons, so the management of water resources requires optimization in order to meet the needs of the region. Population growth associated with water use levels shows excessive consumption, waste and contamination, generating public health problems, since it directly affects their quality. The questions of potability of water are governed in the country by portaria 2.914 / 2011 / MS. In this perspective, a study of the physical-chemical and microbiological parameters was carried out with samples of the water distributed in the town, originating from the water receiver of the distribution network and the water collector of the residences, and to verify the population's perceptions about knowledge, water use and waste, and about hygiene practices in public health, 385 questionnaires were applied. Regarding the physical parameters, the color and turbidity presented higher results in the collectors of the residences surveyed, indicating the lack of maintenance of these. The chemical analyzes of pH, chlorides and alkalinity did not present major alterations between the studied zones, whereas the hardness and nitrate analyzes were greater in places where there is a deficiency in the sanitation or where there was a greater chance of contamination of the water, such as sewage and garbage. For the microbiological parameters studied, the presence of bacteria of the coliforms group was observed in all points in at least one of the collections, being the greater contamination in the receptors, justified by the lack of maintenance and probably by the lack of prevention in the fence of these collectors, Allowing the access of rodents, insects and other microorganism carriers. Concerning the social aspects and the behavior about available water resources, the population of Mossoró surveyed was mostly in the age range between 18-25 years of age, female, with education at the middle level and family income higher than a salary minimum. The research revealed that the availability of water in the residences is frequent, and most of them have water collectors and are aware of the need to clean these collectors, and that the respondents are not aware of water quality parameters and most do not believe in your quality, but 33,8% of respondents use it to drink. It was also identified that the participant population produces waste and presents awareness about hygiene and health, despite high rates of waterborne diseases
Keywords: Qualidade da água
Consumo de água
Desperdício
Saúde pública
Water quality
Water consumption
Waste
Public health
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ambiente, Tecnologia e Sociedade
Citation: SILVA, Manoel Marcelino da. Qualidade da água de abastecimento e aspectos sociais e comportamentais de seus consumidores no município de Mossoró/RN. 2017. 92 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Ambiente, Tecnologia e Sociedade, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/tede/709
Issue Date: 21-Feb-2017
Appears in Collections:MESTRADO EM AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ManoelMS_DISSERT.pdf1.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.