Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/2939
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Identificação das causas da eflorescência nas residências de Caraúbas-RN: estudo de caso
metadata.dc.creator: Oliveira Junior, Fernando Antônio Serra de
metadata.dc.contributor.advisor1: Linhares, Edna Lucia da Rocha
metadata.dc.contributor.referee1: Ferreira, Leonete Cristina de Araújo F. M.
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Maria Aparecida de
metadata.dc.description.resumo: A eflorescência é definida como depósitos cristalinos, geralmente de cor branca, que surgem na superfície do revestimento, como paredes e tetos, através da migração e subsequente evaporação de soluções aquosas salinizadas. Conhecida popularmente como salitre, a eflorescência faz parte de um grupo de manifestações patológicas de construção que provocam danos estéticos e estruturais, em casos mais avançados. Este trabalho teve como objetivo identificar as causas da eflorescência nas residências de dois bairros da cidade de Caraúbas-RN. Para a análise prévia da eflorescência na cidade de Caraúbas, foram realizadas visitas as residências para obter informações sobre os danos causados pelo salitre e aplicação de questionário. Para obter um indicativo da quantidade de sais contidos nos materiais de construção disponíveis no mercado local, foi realizado um ensaio de condutividade elétrica nos seguintes insumos de construção civil: areia de rio, areia de praia, tijolos cerâmicos maciços e de furo, telha cerâmica, brita-0, além da água proveniente do sistema de abastecimento da cidade. Verificou-se que os insumos da construção civil utilizados na cidade de Caraúbas são provenientes de diferentes regiões. Cerca de 92 % dos entrevistados já tentaram, pelo menos uma vez, alguma medida de correção contra o salitre; um total de 25% já realizaram um reparo em suas residências por causa dos efeitos danosos das eflorescências e subflorescências, enquanto que aproximadamente 17% já fizeram mais de uma reparo. A partir do ensaio de condutividade elétrica, foi possível concluir que a maioria dos insumos não apresentam um valor de condutividade elétrica muito alto, exceto no caso do tijolo comum, que apresentou um valor de 22,685 mS/cm, muito acima de 6,0, que já é considerado extremo.
Abstract: Efflorescence is defined as crystalline deposits, generally of white color, that appear on the surface of the revetment, such as walls and ceiling, through the migration and subsequent evaporation of saline aqueous solutions. Known popularly as saltpeter, efflorescence is part of a group of pathological manifestations that cause aesthetic and structural damages in more advanced cases. The objective of this work was to identify the consequences of the damages caused by the efflorescence in two districts of the city of the Caraúbas-RN residences. For the preliminary analysis of the efflorescence in the city of Caraúbas, visits were made to the residences to obtain information about the damages caused by nitrate and questionnaire application. To obtain an indication of the amount of salts contained in the building materials available in the local market, an electrical conductivity test was performed and the following civil construction inputs: river sand, beach sand, massive ceramic and hollow bricks, ceramic tile, gravel-0, in addition to water from the city's supply system. It was verified that the inputs of the civil construction used in the city of Caraúbas come from different regions. About 92% of respondents have tried, at least once, some measure of correction against saltpeter; a total of 25% have already done a repair in their residences because of the harmful effects of efflorescence and subflorescence, while approximately 17% have already made more than one repair. From the electrical conductivity test, it was possible to conclude that most of the inputs do not present a very high electrical conductivity value, except in the case of common brick, which presented a value of 22.685 mS / cm, well above 6.0, which is already considered extreme.
Keywords: Condutividade elétrica
Eflorescência e sais solúveis.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro Multidisciplinar de Caraúbas
Citation: Oliveira Junior (2018) (OLIVEIRA JUNIOR, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1649
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/2939
Issue Date: 16-Apr-2018
Appears in Collections:Ciência e Tecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FernandoASOJ_MONO.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.