Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/2958
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Produção e caracterização de microesferas de quitosana obtidas a partir de carapaça de camarão
metadata.dc.creator: Linhares, Rennan de Sousa
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Guymmann Clay da
metadata.dc.contributor.referee1: Queiroz, Marcelo Batista de
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Daniel Freitas Freire
metadata.dc.description.resumo: A pesca é uma das atividades econômicas que causa impactos negativos ao meio ambiente, dessa maneira o destino adequado de resíduos dela é algo de extrema importância. Uma preocupação da indústria pesqueira atualmente diz respeito ao destino adequado para seus resíduos, de modo que as agressões ao meio ambiente sejam cada vez mais reduzidas. Na medida em que a geração de resíduos de camarões e siris é significativa e que tais resíduos são constituídos por quitina, tem havido grande interesse em seu reaproveitamento. O aproveitamento de resíduos de pescados diminui o risco de poluição ambiental e pode contribuir para o aumento do consumo de proteína animal, além de fornecer matéria-prima de baixo custo. A quitina, uma fibra natural, precursora da quitosana, é a mais abundante depois da celulose, e sua estrutura é semelhante a essa fibra vegetal. Por isso, o presente trabalho teve como objetivo produzir e caracterizar microesferas de quitosana obtidas a partir da carapaça de camarão. A metodologia consiste em obter a quitosana através da desacetilação da quitina em meio básico, caracterização da quitosana obtida através do teor de sólidos, grau de desacetilação e massa molar média, com posterior formulação e caracterização das microesferas obtidas. Os resultados apresentados foram satisfatórios como o grau de desacetilação igual a 76,21% mostrando uma boa conversão de quitina/quitosa, obtendo uma esfera estável de granulometria homogênea em torno de 1,7 mm e boa biodegradável.
Abstract: Fishing is one of the economic activities that causes negative impacts to the environment, so the proper destination of waste is of the utmost importance. A concern of the fishing industry nowadays refers the appropriate destination for its residues, so that the aggressions to the environment are increasingly reduced. To the extent that the generation of shrimp and crabs residues is significant and that such residues are composed of chitin, there has been great interest in its reuse. The use of fish waste reduces the risk of environmental pollution and can contribute to the increase of the consumption of animal protein, besides providing raw material of low cost. Chitin, a natural fiber, precursor of chitosan, is the most abundant after cellulose, and its structure is similar to this vegetable fiber. Therefore, the present work aimed to produce and characterize chitosan microspheres obtained from the shrimp shell. The methodology consists of obtaining the chitosan through the deacetylation of chitin in basic medium, characterization of the chitosan obtained through the solids content, degree of deacetylation and average molar mass, with subsequent formulation and characterization of the microspheres obtained. The results presented were satisfactory as the degree of deacetylation equal to 76.21% showing a good chitin / chitosan conversion, obtaining a stable sphere of homogeneous granulometry around 1.7 mm and good biodegradable.
Keywords: Biopolímero
Quitina
Quitosana
Microesfera
Grau de desacetilação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro Multidisciplinar de Caraúbas
Citation: Linhares (2019) (LINHARES, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/2121
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/2958
Issue Date: 22-Mar-2019
Appears in Collections:Ciência e Tecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RENNASL_MONO.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.