Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3279
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Manejo de aplicação do Codasal Plus 2000 em abobrinha Italiana irrigada com água salina
metadata.dc.creator: Morais Neta, Helena Maria de
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Francisco de Assis de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Oliveira, Mychelle Karla Teixeira de
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Kleane Targino Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Renata Ramayane Torquato
metadata.dc.description.resumo: A abobrinha (Cucurbita pepo L.) pertence à família das cucurbitácea e situa-se entre as dez principais hortaliças de maior valor econômico no Brasil. É uma hortaliça exigente em água, sendo este um dos motivos pelos quais sua produção é limitada nas regiões mais semiáridas do país. Deste modo, a utilização de água salina na agricultura tem sido bastante estudada e, alternativas tem sido adotadas para minimizar os efeitos deletérios sob as plantas. Neste contexto, objetivou-se com o presente experimento avaliar o efeito do Codasal Plus 2000 em diferentes manejos de aplicações sob a cultura da abobrinha italiana irrigada com água salina. A pesquisa foi conduzida em condições de campo aberto na área experimental da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró, RN. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizado em esquema fatorial 2 x 6, totalizando doze tratamentos, com quatro repetições. Os tratamentos foram representados por duas salinidades da água de irrigação (S1 – 0,5 dS m-1; S2 – 5,0 dS m-1) e seis manejos de aplicações de Codasal Plus 2000 (M1 – Ausência (H2O); M2 – a cada 7 dias (2 L ha-1); M3 – a cada 7 dias (4 L ha-1); M4 – a cada 14 dias (4 L ha-1); M5 – a cada 14 dias (8 L ha-1); M6 – a cada 14 dias (6 L ha-1)). Aos 50 dias após a semeadura, os frutos foram colhidos e analisados quanto as suas características físicas: número de frutos, massa fresca dos frutos, diâmetro médio dos frutos, comprimento médio dos frutos, espessura da polpa, massa seca dos frutos e produção. As plantas foram coletadas e avaliadas quanto às seguintes variáveis: número de folhas, altura, diâmetro do caule, área foliar, massa seca da parte vegetativa e massa seca total. Os resultados obtidos demonstraram que o uso de água salina no preparo da solução nutritiva reduz o crescimento e a produção de abobrinha e que a aplicação de Codasal Plus 2000 conforme os manejos utilizados, não amenizou o efeito deletério da água salina com 5,0 dS m-1 sob o crescimento e a produção de abobrinha.
Abstract: Não possui
Keywords: Cucurbita pepo L
Solução nutritiva
Estresse salino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Morais Neta (2019) (MORAIS NETA, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1706
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3279
Issue Date: 15-Feb-2019
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HelenaMMN_MONO.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.