Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/4465
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Derivados solúveis de polissacarídeos com nanocompostos retarda o amadurecimento de banana ‘maçã’ orgânica armazenada em condições ambiente?
metadata.dc.creator: Freitas, Jayny Myrelle Chagas de
metadata.dc.contributor.advisor1: Dias, Nildo da Silva
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Sarmento, José Darcio Abrantes
metadata.dc.contributor.referee1: Lemos Neto, Hozano de Souza
metadata.dc.contributor.referee2: Morais Neta, Helena Maria de
metadata.dc.description.resumo: A banana ‘Maçã’ é bastante apreciada pelos consumidores por apresentar características de aromas e sabor bem característico da cultivar. Entretanto, dentre as cultivares é a que apresenta maior problemas de manutenção da qualidade pós-colheita, ainda mais quando se trata de frutos oriundos de sistema orgânico de cultivo que limita o uso de produtos químicos nas etapas de pós-colheita. Os derivados de polissacarídeos têm o potencial de se tornar uma nova classe de protetores vegetais, auxiliando no objetivo da agricultura sustentável, com atividade antifúngica, e redutor de atividades de enzimas de degradação. Objetiva-se neste trabalho, caracterizar e avaliar a qualidade pós-colheita de banana ‘Maçã’ oriundas do sistema orgânico de cultivo submetidos a concentração de derivados solúveis de polissacarídeos com nanocompostos. O experimento foi realizado com banana cultivar ‘maçã’ proveniente do método de produção orgânica, coletada na localidade de Riacho Grande, Mossoró, Rio Grande do Norte. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado com 4 tratamentos e 5 repetições, totalizando 20 parcelas com 40 frutos, sob condição ambiente. Utilizou-se Polissacarídeo nano para a produção do revestimento/biofilme em diferentes concentrações (0, 25, 50 e 100%). Verificou-se que houve efeito significativo da concentração do polissacarídeo para cor, luminosidade, cromaticidade, acidez titulável e sólidos solúveis (p<0,05). Entretanto, não foi observado diferença estatística para o rendimento de polpa (Rend.), ângulo hue (°h), relação SS/AT e pH (p>0,05). A utilização do polissacarídeo nano na concentração 50 % retardou o grau de maturação dos frutos, possibilitou um menor teor de sólidos solúveis e menor teor de acidez titulavel, auxiliando na conservação pós-colheita, mostrou-se eficiente em relação a firmeza de fruto e firmeza de polpa.
Keywords: Qualidade de frutos
Produção orgânica
Biofilmes comestíveis
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Agrárias - CCA
Citation: Freitas (2019) (FREITAS, 2019)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/4465
Issue Date: 13-Aug-2019
Appears in Collections:Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JaynyMCF_MONO.pdf948.04 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.