Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6886
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Aspectos ergonômicos e percepção de trabalhadores de telemarketing com relação aos modelos home office e presencial durante a pandemia da COVID-19
Authors: Barbosa, Bismarck Antonio de Freitas
First Advisor: Oliveira, Fabrícia Nascimento de
Resume: Com a crise pandêmica declarada no início de 2020 ocasionada pelo vírus SARS-CoV-2, empresas de todos os ramos precisaram tomar medidas preventivas como meio de minimizar o contágio sem reduzir as suas receitas, foi assim com as empresas de telemarketing onde tiveram que ser ágeis na inclusão de seus empregados no home office em decorrência destes trabalharem em um conglomerado de pontos de atendimento. Assim, essa modalidade de trabalho realizada de forma remota pode ter resultado em agravamento dos riscos ergonômicos aos quais os call centers já enfrentavam habitualmente no trabalho presencial. Dessa forma, esse estudo visou identificar possíveis problemas ergonômicos em decorrência da celeridade da inclusão dos agentes de telemarketing na modalidade home office comparando-o ao trabalho presencial, a percepção dos entrevistados quanto aos agravamentos de doenças ocupacionais ocasionados pela celeridade da implantação do regime de trabalho home office, e ainda se houve descontinuidade na aplicação da NR-17. O estudo se deu por meio de pesquisa via google forms com foco a entrevistar trabalhadores que desempenham suas atividades presencialmente e remotamente em uma empresa de telemarketing, comparando essas modalidades para o entendimento dos resultados. Apesar de se esperar que o home office fosse prejudicial a ergonomia e segurança do trabalhador, os resultados demonstram que houve um equilíbrio entre as modalidades na pesquisa realizada com 244 trabalhadores da empresa, de modo que não se pôde afirmar qual a modalidade de trabalho ideal do ponto de vista da segurança e saúde ocupacional para o grupo pesquisado e que o home office não reduz e não aumenta o bem estar dos trabalhadores, entretanto, vários aspectos precisam ser vistoriados nesse ambiente para que a longo prazo não sejam desenvolvidas doenças ocupacionais.
Keywords: Ergonomia
Trabalho remoto
Call centers
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA E TECNOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Institution Initials: UFERSA
Department: Centro de Ciências Exatas e Naturais - CCEN
Citation: Citação com autor incluído no texto: Barbosa (2021) Citação com autor não incluído no texto: (BARBOSA, 2021)
Access Type: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
URI License: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/6886
Issue Date: 28-Oct-2021
License Term: CC-BY-SA
Appears in Collections:Ciência e Tecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BismarckAFB_ART(1).pdf364.22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons