Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3341
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Juventude negra: identidade e preconceito racial no município de Serra do Mel/RN
metadata.dc.creator: Santos, Thais de Oliveira Freire
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Janaiky Pereira de
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Gerciane Maria da Costa
metadata.dc.contributor.referee2: Pereira, Linconly Jesus Alencar
metadata.dc.description.resumo: O referido trabalho monográfico faz um percurso de discussões sobre como está estruturado o racismo no Brasil e os fundamentos da desigualdade pautada na dimensão racial. Elenca também os desafios da juventude negra no espaço escolar e na sociedade, interligando com discussões sobre a consciência como afirmação e negação da condição de ser jovem na sociedade racista. A pesquisa que desencadeou este trabalho foi realizada na Escola Estadual Padre José de Anchieta no município de Serra do Mel/RN atendendo aos objetivos de analisar quais as principais expressões de preconceito vivenciadas por jovens negros/as da referida escola; identificar quais os fatores de afirmação e negação da identidade racial entre eles/elas e conhecer os principais espaços de vivência de discriminação racial apontados pelos/as jovens. A pesquisa torna-se pertinente por descobrir quais fatores influenciam para o processo de afirmação ou negação da identidade racial desses/as jovens. Através desse percurso chegou-se a conclusão que a maioria dos/as jovens das duas turmas do 3º ano do Ensino Médio são negros/pardos, e que sofriam preconceito, tendo como espaço de vivência de tais preconceitos o âmbito escolar. Identificou-se também que o fator que leva a negação da identidade racial desses/as jovens está diretamente ligado a sociabilidade em que crescem em uma cultura de negação de si mesmos como parte da negação da valorização da cultura negra na sociedade. Outro elemento identificado na pesquisa foi que as principais expressões de preconceitos vivenciadas pelos/as mesmos/as, eram através de brincadeiras, apelidos e ditados populares preconceituosos. Assim chegamos ao apontamento do racismo como uma dimensão estrutural na sociedade brasileira e que causa discriminação e distintas formas de violência contra a população negra.
Abstract: Não possui
Keywords: Jovens negros/as
Preconceito e discriminação racial
Identidade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Semi-Árido
metadata.dc.publisher.initials: UFERSA
metadata.dc.publisher.department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas - CCSAH
Citation: Santos (2018) (SANTOS, 2018)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/1363
http://repositorio.ufersa.edu.br/handle/prefix/3341
Issue Date: 10-Sep-2018
Appears in Collections:Licenciatura Interdisciplinar e Educação do Campo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ThaisOFS_MONO.pdf855.5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.